CMI Secovi MG CMI Secovi MG

2014

A CMI/Secovi-MG realizou, no dia 4 de novembro, no Teatro Bradesco, um dos maiores eventos de certificação profissional do mercado imobiliário: o Programa de Qualidade e Excelência Empresarial (PQEX). Nesta edição, os primeiros colocados foram RC Nunes (primeiro lugar), Prolar (segundo) e Leal Netimóveis (terceiro). Os demais participantes foram certificados nas categorias Azul, Prata e Ouro.

O PQEX é realizado pela CMI/Secovi-MG desde 2005, com o objetivo de promover a qualificação das empresas do setor e valorizar aquelas que mais investem em capacitação. O ranking é realizado a partir dos pontos adquiridos pela participação em cursos promovidos na Universidade Corporativa Secovi —que oferece cerca de 90 cursos diferentes em temas como comportamento, gestão, locação e venda de imóveis— ou na modalidade in company, palestras, reuniões regionais e eventos da entidade.

“Acreditamos que certificar as empresas que investiram em capacitação e comunicação é fundamental para o desenvolvimento do mercado imobiliário. Isso porque, a partir do momento em que temos profissionais mais qualificados, conseguimos obter resultados melhores em todos os processos de uma transação imobiliária. Investir em publicidade e propaganda também se torna essencial em nosso segmento, uma vez que a empresa conquista ainda mais confiança dos clientes. Agradecemos, imensamente, essa parceria de tantos anos com o jornal Estado de Minas para auxiliar no crescimento do setor”, afirma Otimar Bicalho, presidente da entidade.

A abertura do evento que marcou a 10ª edição do PQEX ficou a cargo do governador de Minas Gerais, Alberto Pinto Coelho, que fez um balanço dos 12 anos do governo do PSDB em Minas Gerais e citou a importância do mercado imobiliário para o desenvolvimento do Estado. Durante o evento, também foram celebrados os 40 anos de atividades da entidade.

Na ocasião, o presidente da Direcional, Ricardo Valadares, fez palestra sobre tendências do mercado imobiliário e apresentou o case de sucesso da construtora, que deve faturar cerca de R$ 2 bilhões neste ano. Ele se diz otimista com o Brasil, um país que terá demanda de 16 milhões de imóveis nos próximos anos. Atualmente, são construídos 800 mil imóveis por ano. “Isso dá uma dimensão do potencial que temos”, ressaltou. Valadares também destacou o fato de, entre as três maiores construtoras do Brasil, duas serem mineiras: Direcional e MRV.

O presidente da CMI/Secovi-MG, Otimar Bicalho, discursou sobre a história da entidade e como ela se consolidou como uma das mais respeitadas do setor. Ele recebeu, das mãos do ex-presidente Ariano Cavalcanti de Paula, uma placa de homenagem enviada pela diretoria do Secovi-Rio. Além disso, foi lançado o portal www.secovimg.com.br, totalmente renovado, que será ativado nos próximos dias. Houve também a entrega de placas de homenagem aos ex-presidentes da CMI/Secovi-MG.

O diretor-geral dos Diários Associados, Edison Zenóbio, fez uma análise sobre a situação macroeconômica brasileira. Para ele, como o Brasil viveu momentos de grande otimismo nos últimos anos, alguns empresários acabaram “ligando o piloto automático”. “Agora, com a estagnação da economia, o momento é de colocar em prática a criatividade típica do brasileiro”, disse.

Durante o evento também foi entregue o Prêmio Edison Zenóbio, que reconheceu as estratégias de comunicação mais eficazes e criativas das empresas do mercado imobiliário. O Grand Prix ficou com a Patrimar Engenharia, com o case “Manhatan”, criado pela Solution Comunicação.

Galeria de Imagens

DSC_0001 DSC_0038 DSC_0052

 

CONHEÇA O PQEX



Sobre a CMI Secovi MG

Em prol de um mercado imobiliário mais fortalecido, a entidade defende os interesses das empresas associadas

Contato

+55 (31) 3243-7555

Rua Sergipe, 1000, Savassi 30130-174

 

Site desenvolvido por Act Comunicação